Novos rumos do RPG

Aqui no Grupo Critical Hit você já viu a resenha e os comentários do pessoal acerca dos três primeiros romances relacionados com o RPG lançados pela editora Jambô em anos anteriores. Os livros foram todos escritos pelo Leonel Caldela: O inimigo do Mundo, o Crânio e o Corvo e o Terceiro Deus.
E, devido ao grande sucesso alcançado por esses títulos, a Jambô (que todo mundo sabe que hoje é a melhor e mais ativa loja e editora de RPG) está investindo pesado mesmo nesse novo ramo do RPG.
O motivo do grande sucesso da literatura baseada nos RPGs tem várias vertentes. Um deles é a qualidade dos escritos. Leonel Caldela é um escritor, como se dizia, de “mão cheia” e demonstra isso a cada obra publicada. Mas, a diversidade de escritores é a marca das novas publicações, então qual a razão de tanto sucesso?

É parecida com a que faz de o Senhor dos Anéis o Best Seller que sempre foi: a paixão dos leitores pelos mundos fantásticos e a falta tempo/dinheiro/saco/paciência para construir uma aventura/campanha de RPG com os amigos.
É claro que existem jogadores e jogos de RPG envolvendo as mais variadas temáticas, desde futurista até pré-histórica, mas há, sem dúvidas, uma preferência gigantesca dos jogadores por temáticas medievais. Por isso que os primeiros romances da Jambô, envolvendo uma temática medieval, fizeram tanto sucesso.
Outro motivo, e o mais importante deles, é o desinteresse dos RPGistas pelo jogo de RPG em si. Não sei o que motivou esse desinteresse, mas a falta de tempo, a falta de um grupo legal, podem ter contribuído para isso.
Hoje em dia é comum ver um RPGista que já jogou muito RPG estar atualmente desinteressado pelo nosso hobby, mas conserva ainda seu gosto pela temática medieval, ou qualquer outra, o que o leva a procurar livros, romances, aventuras que tenham essa temática mais voltada para o RPG em si.
Aí você se pergunta: e as aventuras solo? Pois é. Essas faz um tempo não são mais bem produzidas e as literaturas da Jambô cada vez melhor produzidas, então é uma escolha óbvia.
Agora, vamos dar uma olhada nas novas obra publicadas pela Jambô:

O Caçador de Apóstolos é um livro escrito pelo Leonel Caldela e é uma história de guerra, religião, idealismo, tragédia e teatro. Um embate entre a fé e o cinismo, o pensamento e a obediência. Em que a verdade e a mentira podem vir da voz dos homens, da voz dos santos — ou da Voz de Deus.
Parece interessante pela temática. Se o Leonel soube explorar bem esse tema, pode ter saído uma grande obra.

Crônicas da Tormenta apresenta Arton em todo o seu esplendor e horror, por alguns dos maiores nomes da literatura fantástica nacional. Nestas páginas há pequenas tragédias e vitórias, ao lado de grandes caçadas a monstros e guerras que mudam o destino do mundo. Seus protagonistas são crianças e deuses, guerreiros e artistas. Seus cenários são os salões da nobreza, as tavernas imundas, os campos de batalha sanguinolentos, as estradas empoeiradas, os mares bravios.
O livro é organizado pelo Trevisan e produzido por vários escritores, entre eles, o Cassaro, o Saladino, o próprio Trevisan e o Leonel Caldela.

Deus Máquina, quinto romance de Leonel Caldela, conclui a narrativa de Iago sobre o levante contra uma teocracia opressora e as verdades e mentiras de ambos os lados. Os segredos são revelados, as origens são descobertas. Espadas, lanças, ideias e orações são as armas na guerra entre hereges e cardeais, entre fé e razão.
Nota-se aqui que o Caldela realmente gosta dessa temática religiosa. E o título nos leva a crer que a temática tem algo a ver com o RPG “Reinos de Ferro”, lançada pela mesma Jambô.

Kimaera: Dois Mundos é o mais novo romance da escritora Helena Gomes.
Autora de O Arqueiro e a Feiticeira, Código Criatura e de diversos outros títulos,
Helena Gomes traz aqui uma história emocionante, repleta de amor e coragem.
É a estreia dessa escritora na editora Jambô. Vida longa!

Com organização de Sóira Celestino e Evandro Guerra, Asgard: a Saga dos Nove Reinos reune contos, poemas e ilustrações sobre a mitologia nórdica de vários autores.

Além dos livros de literatura/romance, a Jambô está lançando duas HQS/Mangas, LEDD e a antiga DBride!
Ledd é a nova HQ de Tormenta, assinada por J. M. Trevisan e Lobo Borges e DBride foi publicada ao longo da revista DragonSlayer. Agora, ela retorna completa em um só volume. Marcelo Cassaro e Erica Awano, são os autores.
Por fim, podemos dizer que o mercado do RPG não está morrendo como muitos dizem, a questão é apenas quebrar paradigmas e começar a pensar o RPG de uma forma diferente, não como um jogo, mas como uma forma de se divertir, seja através dos jogos, dos livros ou mesmo das HQs e dos mangás.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: